Connect with us

Cruzeiro

Robinho é condenado por estupro

Em segunda instância, Robinho é condenado por estupro coletivo pela justiça italiana.

Foi confirmado pela corte de apelação da Justiça Italiana que Robinho é condenado a nove anos de prisão por estupro coletivo. A condenação do jogador e de seu amigo Ricardo Falco é em segunda instância.

O estrupo coletivo foi contra uma jovem albanesa em 2013, em uma boate de Milão, que inclusive Robinho estava com a espora no local no dia do ocorrido.

A defesa do jogador apresentou um dossiê para tentar desmoralizar a vítima, mostrando fotos de suas redes sociais cujo a jovem aparece com bebida alcoólica. As juízas do processo não aceitaram e mantiveram a condenação, afirmando que há provas suficientes contra Robinho e seu amigo.

No ano de 2017, Robinho já havia sido condenado em primeira instância, mas recorreu à decisão. Agora com essa nova condenação, a defesa do jogador já afirmou que entrará com outro pedido de recurso na Corte de Cassação, para a terceira instância, a última possível.

Robinho no Santos

O Santos repatriou o Robinho no dia 10 de outubro, mas acabou afastando o jogador seis dias depois, após perder patrocinadores, sofrer pressão de outros patrocinadores e do torcedor. O clube ainda não se pronunciou, mas na época o presidente Orlando Rollo disse que em caso de condenação do jogador, o contrato iria de suspenso para rescisão.

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais sobre Cruzeiro